Archive for the Imagens Category

Não estou sozinho nesta luta

Posted in Classe social, Cultura, Doença, etnia, Homossexualismo, igualdade, Imagens, Música, patria, Raça, racismo, Vídeos with tags , , on junho 10, 2010 by Fernanda

Sabe amigos, muitas vezes eu penso que as moiores barreiras não são quebradas por falta de vontade mesmo da maioria, já que gestos como este chamam muita a atenção, De pessoas que abrirão mão de dinheiro para ajudar uma nação.Se voce faz parte dessas pessoas, parabéns, e saiba que não estou sozinho.

Eu existo,não desisto…

Posted in Classe social, Imagens, preconceito, Raça, vergonha with tags , , , , , on junho 8, 2010 by ESTELA ALMEIDA

  Neste inverno sempre é bom ser solidário, doe um agasalho, um cobertor, alimentos, algo que venha aquecer um morador de rua. Os moradores de rua carece de abrigo, de uma palavra que mude essa “rotina”, que mude o quadro de sua vida. Eles estão aí e a cada dia que passa esse número aumenta estrondosamente, embora exita abrigos mas nem todos tem acesso, é na base da sorte, quem chegar primeiro, toma banho, come, dorme até ás 6:00 horas da manhã. Lá existe regras e horários, mas nem todos contam com a mesma sorte do dia anterior… É lamentável são coisas  que acontecem e só os “bastidores” sabem o que é para um morador de rua ter que enfrentar o frio e não saber que direção seguir… Muitos vivem na rua devido ao abandono da família, ou porque alguns perderam a memória não lembram o caminho de casa, ou foram despejados sem condições  de pagar um aluguél de $150,00, é triste, e é possível rever sua forma de vê-los na rua e não julgá-los ou condená-los. Faça sua parte doe um agasalho, doe esperança, doe um espírito solidário.Eles existem e continuam insistindo pela sobrevivência  todos os dias,  enquanto muitos reclamam da vida e eles reclamam da  “má sorte”.

Vamos acabar chegando lá……….

Posted in cor, Cultura, estereótipo, Imagens, preconceito, Vídeos with tags , , on junho 8, 2010 by Fernanda

Voces sabem que essa doença de discriminação já tem há anos, décadas, séculos, sem exagero. Mas dá pra acreditar, está acabando, só não sei quando vai acabar de vez:

Cenas da vida real.

Posted in Classe social, Cultura, Doença, etnia, Imagens, Nacionalidade, pele, preconceito, Raça, racismo, Vídeos, vergonha with tags , , , , , , on junho 4, 2010 by ESTELA ALMEIDA

  

Alunas da Fap (Faculdade do Povo) deram um show  no Seminário cujo o tema era :”Um olhar antropológico”,assutos que de acordo com a visão delas,  elas teriam que falar sobre o tema de acordo com o que foi aprendido  em sala de aula,  cuja  matéria era  Antropologia.Os assuntos eram: Etnocentrismo o homem julga-se superior,Racismo quando o ser humano exclui o outro pela cor, Preconceito quando um determinado grupo ou pessoa não aceita as diferenças do outro,  seja na fala , na roupa , na classe social, se ele é cego….enfim  relatando fatos que são reais,  tais como o preconceito, racismo, e a desumanidade para com o próximo.

As alunas foram além do que o esperado usando a inteligência abordaram o assunto em questão usando fatos reias  no teatro. Comoveu a todos que o assistiram pois foi usado um fato real em que uma aluna é cadeirante e usa o serviço da Prefeitura . A Karlla conta em seu depoimento como ela sofre na vida real o preconceito e a discriminação por ela ser  deficiente de um das suas pernas,  vale a pena assistir e a  refletir sobre isso, é bom lembrar sempre que o preconceito está dentro de você e está na hora de mudar e a enxergar o próximo com um olhor humano e a  se colocar no lugar do outro , já  que vivemos sob um capitalismo selvagem onde tantos sofrem a exclusão da sociedade.

O fantasma do preconceito

Posted in cor, Cultura, Filmes, Imagens, preconceito, racismo, vergonha with tags , , , on junho 2, 2010 by ESTELA ALMEIDA

           

Não é fácil falar de um assunto tão complexo , pois vem de décadas fazendo com que  gerações carregam consigo  este pensamento  egocêntrico e mesquinho. Não é de se adimirar quando ouvimos  no jornal  ou nas novelas cenas retratando este ato  tão disconciderável.O preconceito é visível embora discreto. Existem diversos tipos de preconceito não só o racial ,também existe o social onde a individuo é julgado pelo o que tem e não pelo o que é.A respeito do preconceito racial  creio que nossa humanidade esta caminhando melhor,podemos observar que hoje em dia um negro já pode ser protagonista de uma novela,lembrando que a um tempo atrás  um negro só poderia fazer parte de uma novela se fosse empregada doméstica ou  escravo,sem nos  esquecer que o presidente dos Estados Unidos é um negro.Temos que admitir estamos melhorando .Não estou dizendo que o preconceito se acabou,pois sabemos que ele está ai ,porém de uma forma camuflada.Em fim devemos nos guardar desse sentimento perverso e que constantemente quer nos dominar, é necessário ter opinião e nos conscientizar que somos todos iguais independente de raça língua ou classe social ,se assim decidirmos poderemos acabar com o fantasma do preconceito .

Tem gente que não muda

Posted in Classe social, Cultura, etnia, Filmes, Homossexualismo, Imagens, Música, pele, preconceito, racismo, Religião with tags , , on junho 2, 2010 by Natalicio Cavalcanti

É isso mesmo, tem gente que não muda, dá pra acreditar nisso ai nos dias de hoje. Mas isso acontece porque não há ainda uma punição que sirva de exemplo aqui no Brasil e no mundo, já que todos querem se defender do seu jeito:

Quem quer, faz o bem

Posted in Classe social, Doença, etnia, Filmes, Homossexualismo, Imagens, Música, pele, preconceito, racismo, Vídeos, vergonha with tags , , , on junho 1, 2010 by Natalicio Cavalcanti

Não me canço de dizer, ” quem quer faz o bem “, coloco para todos os visitantes que jejam esse vídeo, mas leiam a letra, pois o conteúdo é muito bom.

Espero estar acrescentando algo de bom, pois há pessoas que não querem fazer o que é bom.

Mensagem, Mundo Melhor

Posted in Classe social, Esporte, etnia, Imagens, Música, preconceito, racismo, Vídeos with tags , , on maio 28, 2010 by Natalicio Cavalcanti

Tenho visto que pessoas não se movem para acabar com preconceitos, mas também vejo o esforço de muitos grupos de rap que lutam para acabar com esse mal MUNDIAL, mesmo eles que sofrem muitas discriminações, veja:

O preconceito da cor

Posted in Classe social, Cultura, Imagens, pele, Raça, racismo with tags , , , on maio 26, 2010 by ESTELA ALMEIDA

       Todo ser humano um dia já sofreu  um tipo de   preconceito , mas o pior tipo é aquele que  carregamos ao longo de nossa vida ,de nos acharmos feia ,incapaz  de sermos pessoas bem sucedidas e outras coisas ,certa vez li em um artigo secular ,que a atriz  Adriana Bombom se achava feia e  não se aceitava pelo simples fato da sua cor ,não só ela mas a maior parte dos negros se consideram assim ,ao contrário de outras beldades temos a atriz Tais Araújo que se acha linda  .O preconceito é irracional a vida toda cor , toda classe social , devem ser gratos pela sua existência pois todos somos irmãos ,e capazes de sermos valorizados desde  de que  não sintamos menores ou piores dos seres da terra , fazemos  parte  disso tudo, somos humanos , somos seres perfeitos, somos gente.

Pesquisas: Negros x Brancos.

Posted in Classe social, cor, Imagens, racismo with tags , , on maio 25, 2010 by ESTELA ALMEIDA

                                                                                     

 A  cada  dia   que passa muitos negros morrem em situações que já se tornaram banais, sem

explicações.Para  quem  observa é só mais um. O preconceito é uma  crueldade ao ser humano,  morrer sem  ter a

chance de se defender e sem dar qualquer  explicação.  Muitas mortes ocorrem devido simples fato de que

 nasceram com essa cor (negra) e pela ignorância de muitos da sociedade e até do próprio familiar.

É bem maior o número de mortes entre os negros do que  as mortes de brancos, está  na  hora de

refletirmos sobre o assunto. Na quarta -feira passada em Guarulhos briga de cobrador e passageiro acabou

 em tragédia e devido a isso a população anda  amedrontada. Pesquisa realizada desde 2006 foram de  59,900 negros e de brancos foram de 30.00 essa pesquisa foi

 realizada  por um Instituto de Laboratório do Rio de Janeiro. Mas se formos olhar em tempo real essas mortes são bem mais ainda do que se caucula os

 institutos de pesquisas.Está na hora de tomarmos uma atitude perante a sociedade.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.