Archive for the Nacionalidade Category

Atitudes que transforma.

Posted in ação social, Classe social, congresso, cor, Cultura, expectativa, histórico, Imagens, itens polêmicos, medidas afirmativas, mudanças, mundo, Nacionalidade, oprtunidade, pele, prioridade, verdade, vergonha with tags , , , , , , , , , , , , on julho 13, 2010 by ESTELA ALMEIDA

O  adulto com suas construções e danificações destroem sonhos de pessoas que moram num simples barraco que para eles é seu¨ palacete¨seu pedacinho do céu. Muitas vezes moram debaixo de um viaduto  porque alguém destruiu seu sonho ,roubou a sua paz . Construindo viadutos, pontes e edifícios o homem agride o espaço daqueles que desconhece seu verdadeiro direito .Certas transformações causam erupções ,destruições, efeito estufa  que o próprio homem não sabe como controlar a sua catástrofe que ele mesmo   gerou. O homem com seu desejo de evolução   de ganhar dinheiro, sobrevivem na maioria das vezes das desgraça do  menos favorecidos.

Até onde vai esse apavoramento? Os mais fracos não têm vez?

Congressos são realizados no desejo de mudar a vida de muitos, mas na verdade a mudança vem com conotações  que se pararmos somos  atropelados e esmagados, pois certas atitudes são feitas sem consulta sem a opinião dos que vão sofrer o impacto , as conseqüência dessa transformação; e perdas são  geradas em  dores e sofrimentos para aqueles que não têm para onde ir…

É  necessário uma atitude de uma criança que saiu de outro país para reunir adultos e chamá-los á responsabilidade e fazê-los enxergá-los qual é a verdadeira situação? Está na hora de tomar atitudes, mas atitudes coerentes e benéficas para aqueles que realmente precisam de ajuda não esquecendo que é através dessas vidas que a transformação tornam caos e muitas mortes são provocadas ,criar estrutura é bom e manter a ordem e o respeito aos direitos  humanos  é ter a consciência   que vidas estão em jogo .

Veja esse vídeo e analise .Faça a sua parte não espere que o outro faça  seja você a dá o primeiro passo.

Igualdade racial.

Posted in ação social, Classe social, cor, estereótipo, etnia, expectativa, Filmes, histórico, igualdade, Imagens, medidas afirmativas, movimento negro, mudanças, Nacionalidade, preconceito, prioridade, Raça, Religião with tags , , , , , , , , , , , , , on junho 17, 2010 by ESTELA ALMEIDA

752603-movimento-negro-ganha-com-mudanca-em-estatuto-diz-especialista.shtml

 

O Senado aprovou o Estatuto da Igualdade Racial depois de ficar quase sete anos transitando no Congresso, já era sem tempo pois os negros vem sofrendo a desigualdade  racial desde que se conhecem por serem  gentes  e são tratados na maioria das vezes como  lixos  humanos.

Após essas mudanças especialistas acreditam que haverá melhorias no tratamento de raças e com isso,  os negros  terão mais oportunidades  e  igualdade de trabalhar,   pois as  empresas são incentivadas a contratar negros e  dá garantias na educação embora as cotas universitárias  são excluídas devido a contratação,pois o senado acredita que com isso o setor público e privado os negros terão mais acesso.

O texto trás uma série de mudanças que parece boa  para os negros onde  eles  não ficarão  de fora e sim tendo participação  igual á do branco como por exemplo; 20% das vagas nas empresas serão do negro,indenizações para reparos passados, 20% das cotas na tv e nas peças publicitárias,10% dos negros já podem candidatar-se a determinados cargos.Para o autor da proposta o  senador Paulo Paim(PT-Rj),acredita que essa aprovação-” Não é ideal é um avanço”.

Tudo é possível agora é sentar e esperar,como sempre ás vésperas  de eleições tudo é aprovado, e que a igualdade seja real,que finalmente todos tenham direitos como assim está escrito na lei e que todos sejam participantes desta conquista, valorizando e respeitando seu semelhante como a si mesmo.

Alegria de um povo.

Posted in copa2010, Cultura, Esporte, etnia, igualdade, Imagens, Música, mundo, Nacionalidade, patria, preconceito, Raça, racismo, relativizando, Vídeos with tags , , , , , , , , on junho 11, 2010 by ESTELA ALMEIDA

A copa do mundo chega à África do Sul,trazendo com ela toda alegria e a emoção para um povo que convivem com a desigualdade e  o preconceito de sua cultura. Embora o racismo esteja presente constantemente seja em seu país ou em qualquer lugar por onde vão, suas origens, seus valores são muitas vezes perdidos devido ao descrédito dos governantes de  seu país e, por outras nações.Violência, miséria, descaso e insatisfação são os “ingredientes” latentes na vida deste povo.

A copa é o único meio pelo qual podem de alguma forma sonhar e que essa alegria venha mudar esses valores pois atravéz desta  magia e  encantamento que o furebol do  mundo inteiro traz é mostrado e é estampado no rosto dos sul-africanos,fora que também traz muitos benefícios ao país em questões econômicas. 

Brasil,  África e outros países unens para que todos vibrem, e  unidos em um único desejo, serem  campeões da igualdade social,  extinção do preconceito e a  conquistar a  liberdade que embora há  tanto tempo os negros foram abolidos da escravidão que,infelismente nunca saiu do papel mas, que a esperança há , isso eles nunca perderam!  Comemoram juntos em uma só força, em uma só união.O espírito é de festa de confraternizaçao.Em busca de um trofél ,  todos os povos sendo um, vencendo barreiras, superando o egoísmo coquistando a unidade.

Tudo isso mostra que o povo africano apesar das suas desigualdades sociais ,é um povo feliz e sabe demonstrar isso recebendo com alegria as seleções visitantes e não  deixando de citar nossa seleção o Brasil que onde passa sempre é bem vista e recebida,e não seria diferente na copa do mundo na África um povo feliz e uma seleção que encanta os olhos que qualquer amante do futebol sabe tão bem fazer,bola no campo, bola na rede e goooooooooollllllll,Brasil hexa campeão do mundo.

Cenas da vida real.

Posted in Classe social, Cultura, Doença, etnia, Imagens, Nacionalidade, pele, preconceito, Raça, racismo, Vídeos, vergonha with tags , , , , , , on junho 4, 2010 by ESTELA ALMEIDA

Alunas da Fap (Faculdade do Povo) deram um show  no Seminário cujo o tema era :”Um olhar antropológico”,assutos que de acordo com a visão delas,  elas teriam que falar sobre o tema de acordo com o que foi aprendido  em sala de aula,  cuja  matéria era  Antropologia.Os assuntos eram: Etnocentrismo o homem julga-se superior,Racismo quando o ser humano exclui o outro pela cor, Preconceito quando um determinado grupo ou pessoa não aceita as diferenças do outro,  seja na fala , na roupa , na classe social, se ele é cego….enfim  relatando fatos que são reais,  tais como o preconceito, racismo, e a desumanidade para com o próximo.

As alunas foram além do que o esperado usando a inteligência abordaram o assunto em questão usando fatos reias  no teatro. Comoveu a todos que o assistiram pois foi usado um fato real em que uma aluna é cadeirante e usa o serviço da Prefeitura . A Karlla conta em seu depoimento como ela sofre na vida real o preconceito e a discriminação por ela ser  deficiente de um das suas pernas,  vale a pena assistir e a  refletir sobre isso, é bom lembrar sempre que o preconceito está dentro de você e está na hora de mudar e a enxergar o próximo com um olhor humano e a  se colocar no lugar do outro , já  que vivemos sob um capitalismo selvagem onde tantos sofrem a exclusão da sociedade.

NEGROS

Posted in ação social, auto- estima, barreiras, Classe social, conceitos, confiança, cor, crítica, Cultura, definições, especial, etnia, exclusão, , força, histórico, Imagens, lei natural, mobilidade, movimento negro, mundo, Nacionalidade, obstáculos, pele, pré- julgamento, preconceito, Raça, racismo, Religião with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 17, 2010 by ESTELA ALMEIDA

   

O negro é alegria , quando manifesta em seu dia dia  sem receio seu espírito de festa.O negro é liberdade quando  todos estão na mesma direção , seus ideais são aceitos e todos lutam  pela mesma causa  ,com sede de justiça.   

O negro é força quando  seu povo colabora em lutar junto pelos direitos de sua raça , sem perder a determinação.   

O negro é tradição quando são respeitados e não existindo   barreiras para que  seus hábitos  sejam aceitos  na conservação  de seus costumes. Ele é  fidelidade quando são correspondidos na troca da igualdade.   

O negro é raça quando  não pela sua etnia , mas conhecidos pela força da  sua  luta  ,valorizados pelo o seu potencial e as suas limitações ,e não tendo preconceitos de sua gente ,fortalecidos na fé e na caminhada rumo ao pogresso.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.